EB1 C/ JI DE VALE DE CAVALOS

Agrupamento de Escolas nº1 de Portalegre

JORNAL ESCOLAR

_____________________________________________

sábado, 2 de julho de 2011

Prova livre - Festa de final de ano 2011


Depois da gincana, os alunos cantaram e tocaram flauta sob a orientação da Professora Susana das AEC, seguindo-se a prova livre em que cada aluno participou com um familiar: canções, truques com cartas, anedotas, magia, flauta, dança... nesta prova tiveram de passar pela "mão pesada" do júri.
No final, todos receberam medalhas de participação.

Gincana de Jogos Tradicionais


O final do ano lectivo na nossa escola culminou com uma Gincana de Jogos Tradicionais, em que pais e familiares participaram activamente com os seus educandos em todos os jogos.

Dia do Ambiente - "Rurais em Movimento"



No dia 7 de junho rumámos à Urra para mais uma atividade no âmbito do projeto "Rurais em Movimento": comemorar o Dia do Ambiente.
Contámos com as parcerias das Juntas de Freguesia de Alegrete e da Urra, no que diz respeito ao transporte. A Junta de Freguesia da Urra, em parceria com o Desportalegre e a Valnor, organizaram jogos didático-pedagógicos para os alunos das Escolas e Jardins de Infância envolvidos no projeto. No final, foi-nos oferecido o almoço pela Junta de Freguesia da Urra. Obrigada a todos os parceiros e participantes. 


Dia da Criança

O Professor Nuno Gomes, da Expressão Físico Motora, presenteou-nos, ao 1º Ciclo e ao JI, com atividades muito radicais para comemorarmos o Dia da Criança: rapel, pinturas faciais, jogos de perícia, construção de animais e outros objetos com balões, ...
O Professor Nuno teve a colaboração dos formandos estagiários da ETAPRONI, onde também dá aulas.
ADORÁMOS!!!! Obrigada!

Bullying na escola

“… 40% das Crianças em Portugal sofre com este problema…”
O termo “Bullying” compreende todas as formas de atitudes agressivas, intencionais e repetidas, que ocorrem sem motivação evidente, adoptadas por um ou mais indivíduos contra outro(s), causando dor e angústia, e executadas dentro de uma relação desigual de poder. Portanto, os actos repetidos entre elementos da mesma comunidade (colegas) e o desequilibro de poder são as características essenciais, que tornam possível a intimidação da vítima. Em princípio, pode parecer uma simples brincadeira mas não deve ser visto desta forma. A agressão moral, verbal e até corporal sofrida pelos alunos, provoca sofrimento na vítima da “brincadeira” e esta pode entrar em depressão.


Devido à extensão do trabalho de pesquisa só publicamos a introdução. O trabalho foi elaborado pela aluna Diana Leitão do 3º ano.
Este tema foi alvo de debate em Conselho de Escola. Todos os alunos deram a sua opinião e tiraram dúvidas.

A menina curiosa



Era uma vez uma menina que viu uma casa abandonada e como era muito curiosa, entrou para ver o que havia.
Muito espantada, viu um livro onde estava escrito como descobrir a receita da felicidade. A menina começou a ler o livro.
Nele dizia que o seu amor estava no deserto e que era um gigante. A menina ficou muito triste mas lembrou-se que conhecia um duende. Ela transformou o gigante numa pessoa normal e foram felizes para sempre.

Mariana Trindade - 2º ano

Escola Segura

Dia 4 de abril, realizámos uma atividade em parceria com a Escola Segura e a Equipa de Protecção da Natureza e do Ambiente, da GNR. A atividade consistiu numa demonstração dos meios que esta Equipa possui e na visualização de powerpoint's relativos à protecção da Natureza e do Ambiente.
O que mais gostámos foi das motas, do jipe e do barco.



Visita do Senhor Bispo à nossa Escola


No dia 1 de abril, recebemos a visita do Sr. Bispo Antonino, Bispo da Diocese de Portalegre, com uma canção na entrada da escola. Depois fomos para uma das salas onde o Sr. Bispo conversou connosco. No final, oferecemos-lhe um livro com trabalhos de todos os meninos da Escola e do Jardim e um ramo de flores. Gostámos muito de conhecer o Sr. Bispo.

Multiculturalidade




Projeto desenvolvido pelos alunos do 3º e 4º ano.

Matilde Rosa Araújo - Vida e Obra

O Projeto "Descobrir Matilde" foi desenvolvido em articulação com o Pré-escolar e o 1º Ciclo. Toda a comunidade educativa se envolveu neste projeto, havendo espaços comuns de leitura, visualização de powerpoint elaborados pelas docentes e exploração do trabalho realizado.

O Livro da Tila, Matilde Rosa Araújo

O Jardim de Infância optou por trabalhar poemas do Livro da Tila: "Conversa das meninas que se encontraram na rua" e "Formiguinha descalça".


O Palhaço Verde, de Matilde Rosa Araújo

O 1º Ciclo trabalhou o livro "O Palhaço Verde", de Matilde Rosa Araújo.Palhaço v..
View more presentations from anapintao


A adesão dos alunos a estas atividades foi muito positiva. Todos eles se mostraram bastante interessados e motivados. Estes participaram de forma ativa nos vários aspetos envolvidos, desde a exploração da história, dos poemas até à atividade que se seguiu de expressão plástica. Vimos, assim, o resultado da criatividade, dinamismo e imaginação dos alunos da nossa escola.

Desafio


A professora Filomena lançou um desafio aos alunos do 3º e 4º ano.
O desafio consistia na elaboração de um texto cujo tema era "SE EU VIVESSE SOZINHO/A...".

Se eu vivesse sozinha...

Eu acho que não conseguia viver sozinha porque quando fosse mais idosa não tinha com quem ir ao médico, nem ninguém se preocupava comigo.
E à noite podia-me deitar às horas que eu quisesse mas não tinha quem me aconchegasse e quem me desse um beijo de boa noite.
Se eu vivesse sozinha podia ir onde queria, mas não tinha ninguém para me defender de estranhos. Eu acho que não conseguia viver sozinha.

Diana Leitão - 3º ano

Se eu vivesse sozinho...

Eu acho que vivo bem como vivo, porque se eu vivesse sozinho alguém podia raptar-me ou aleijar-me, e decerto iria ter saudades dos meus familiares.
Não tinha com quem falar, brincar ou jogar.
Por isso não gostava de viver sozinho.

Ricardo – 3º ano

Se eu vivesse sozinha...


Se eu vivesse sozinha iria adorar, mas por outro lado não iria gostar.
Eu iria gostar porque podia fazer o que eu quisesse como por exemplo: podia deitar-me às horas que eu quisesse e fazer o que me apetecesse. Mas, por outro lado, também não podia fazer o jantar e se eu tivesse uma ferida muito grande não a conseguia tratar sozinha.
Portanto, acho que não podia viver sozinha porque só tenho 8 anos e eu ainda tenho de viver com a minha família.

Beatriz Ricardo - 3º ano

Se eu vivesse sozinha...


A minha casa é grande, e é lá que eu vivo.
Eu gostava de viver sozinha, mas se eu vivesse sozinha quem é que comprava a comida?
Se eu vivesse sozinha podia ir para a cama às horas que me apetecesse.
Se eu vivesse sozinha quem é que me dizia até à manhã e bons sonhos quando me vou deitar?
Eu não podia viver sozinha.

Maria Curião – 3º ano

Se eu vivesse sozinho...

Se eu vivesse sozinho não tinha de emprestar os meus jogos ao meu irmão, mas quem é que ia ajudar no café da minha mãe? Se eu vivesse sozinho podia jogar PSP2 às horas que me apetecesse, mas quem é que ia ajudar o meu irmão a apanhar as bolotas para dar aos porcos da minha quinta? Se eu vivesse sozinho não tinha de emprestar a minha bola; mas se eu vivesse sozinho não tinha ninguém para jogar à bola.

Miguel Bandeiras – 3º ano